Poetrix :  EL CORAZÓN
EL CORAZÓN
Quien no sabe del amor,
sabrá del dolor.
Matará las rosas.

Delalma
03/06/2020
Poeta

Poetrix :  INCERTIDUMBRE, DISYUNTIVA
INCERTIDUMBRE, DISYUNTIVA
EL cielo es mi gozo,
el infierno mi condena,
¿Será esto amor?
Poeta

Poetrix :  TUDO NOS FAZ SONHAR
Como Águia majestosa, sobrevoei a montanha
O dia estava belo nessa tarde de Primavera
A paisagem de um verde de beleza tamanha
Se mostrando sem segredos, à minha espera.

Lá do alto via os animais selvagens a pastar.
Via os camponeses que trabalhavam ao Sol
Sempre tudo admirando continuei a voar
E para mais me encantar ouvi cantar o rouxinol.

Como a terra é linda, como a vida assim é bela
Toda construída com uma grande coreografia
Montes e vales, ribeiras, flores em cada parcela
Tudo nos faz sonhar, e tudo é verdadeira poesia.

Chegou a noite, e a Lua chegou bem prateada
Refletindo no lago a sua imagem cintilando
Ao bordo estavas tu como uma fada encantada
Perdi o voo caí ao teu lado para assim te amando.

A. da fonseca
Poeta

Poetrix :  QUANDO EU VOS ABANDONAREI
Tenho quase oitenta e cinco, não sei se lá chegarei.
Ma quero que conheçam os meus sentimentos
Mesmo que sejam virtuais, sempre vos amei,
Em todos os bons e nos maus momentos.

Passei a minha vida sempre a aprender.
Convosco muito aprendi e não sei nada,
Mas será sempre assim até quando morrer,
Fui amado, talvez apreciado, talvez vida errada.

Mas quem tudo sabe? Eu não conheço
Talvez por isso não conheça o que é vida
Não quero dizer que ser amado eu mereço
Mas reconheço que de aprendizagem fui servido.

Quando um dia que não está longe, eu sei,
Deixar de ter aqui a vossa bela companhia
Certo é que comigo com alegria levarei
Os bons e maus momentos, ficará a nostalgia.

A. da Fonseca
Poeta

Poetrix :  Siento.
Siento la necesidad de besarte, pero no de mirarte.
Siento la necesidad de buscarte, pero no de encontrarte.
Siento la necesidad de quererte, pero no de quedarme.

[img align=center]http://www.latinopoemas.com/uploads/img55cf43cf986e2.jpg[/img]
Poeta

Poetrix :  Pelo Silêncio da Rua
Pelo Silêncio da Rua
Caminho pelo silêncio da rua...
Uma poesia se insinua,
e segue me acompanhando.

A.J. Cardiais
26.12.2011
imagem: google
Poeta

Poetrix :  O grão da palavra
Não use a poesia em vão...
O grão da palavra
tem germinação.

A.J. Cardiais
09.07.2011
Poeta

Poetrix :  Pasatiempo
Hacerte reír como nadie lo ha hecho,
estar cuando lo necesitabas
y pasar el tiempo contigo
no fue ninguna molestia.
Simplemente te convertiste
en mi pasatiempo favorito.


[img align=center]http://www.latinopoemas.com/uploads/img5290e7ead0cbb.jpg[/img]
Poeta