Sonetos :  Realidade corrosiva
Quando não tenho
com o que sonhar,
a realidade comparece
e começa a me fustigar...

Mostra-me alguns fatos
que eu ouso distorcer.
A desculpa para estes atos
é o medo de sofrer.

O que não posso solucionar,
boto pra escanteio
e começo a sonhar...

Quando a realidade entra no meio,
começa um tiroteio
tentando me derrotar.

A.J. Cardiais
26.10.2016
Poeta

4 puntos
0 0 2
Los comentarios son propiedad del autor. No somos responsables de su contenido.
JoelFortunato
Publicado: 10/4/2018 22:10
Incondicional
Unido: 23-6-2011
Comentarios: 7989
 Re: Realidade Corrosiva

Pensamentos profundos tem este lindo poema.
Obrigado por manter a publicação.

AJCardiais
Publicado: 11/4/2018 11:13
Incondicional
Unido: 14-2-2012
De: Salvador - Bahia - Brasil
Comentarios: 2354
 Re: Realidade Corrosiva

Mais uma vez obrigado, Joel fortunato. Abraços