Sonetos :  Conclusão informal
Os poetas não se repetem.
Cada um tem sua ladainha,
seu barbante, sua linha,
seu jeito de bordar ideias.

A poesia nasce nas veias,
e corre para o cérebro,
tentando pular fora.
Quando consegue, vai embora...

Poesia é como um passarinho
querendo sair do ninho,
para brincar no terreiro.

O poeta é só um hospedeiro.
Ele hospeda a poesia,
dentro de sua filosofia.

A.J. Cardiais
14.07.2016
Poeta

4 puntos
0 0 2
Los comentarios son propiedad del autor. No somos responsables de su contenido.
JoelFortunato
Publicado: 22/3/2018 19:24
Incondicional
Unido: 23-6-2011
Comentarios: 7989
 Re: Conclusão Informal

Este poema é muito bonita e bela filosofia da arte.
Muito obrigado a continuar a compartilhar seus trabalhos.
Envio-lhe meu respeito e amizade.

AJCardiais
Publicado: 22/3/2018 23:02
Incondicional
Unido: 14-2-2012
De: Salvador - Bahia - Brasil
Comentarios: 2372
 Re: Conclusão Informal

Muito obrigado, Joel Fortunato. Abraços