Poemas :  O contágio poético
O que é bonito na poesia,
é o sentimento que irradia
e faz a gente crescer,
para um lado que ninguém vê.

O que fica bonito na poesia,
e quando esta sede contagia
e faz todo mundo querer beber.

A.J. Cardiais
29.01.2011
Poeta

Poemas :  Sentimento belo
Quero a poesia
ao lado do povo,
não só para agradá-lo.

Quero para ensina-lo
ajuda-lo
encoraja-lo
excita-lo
ou escorraça-lo,
se preciso for...

Quero um poema
cheio de amor.
Mas não um amor piegas,
cheio de flor, dor e cor...

Um amor vermelho,
um amor sincero,
que use prego e martelo
para construir
um sentimento belo.

A.J. Cardiais
22.02.2011
Poeta

Poemas :  Só por ler
Ninguém lê um poema,
só por ler...
Um poema sempre tem
algo a dizer.

Mas às vezes não diz nada.
É só uma tela embaçada,
ocultando algum sentimento.

Às vezes o poema
está “só na escuta”...

É uma ideia maluca,
sem pé nem cabeça,
esperando que alguém
esclareça.

A.J. Cardiais
29.06.2019
Poeta

Sonetos :  Do ralo do sentimento
Não falo de tudo que sinto.
Eu só falo,
o que sai do ralo
do meu sentimento.

Eu só falo
do que transborda;
do que é puxado pela corda
da imaginação.

O que sai nos meus sentimentos,
rima com a vida nos guetos;
nos becos da literatura.

O que sai “de estalo”,
às vezes vem do ralo
da contracultura.

A.J. Cardiais
12.07.2019
Poeta

Sonetos :  Quebra de sigilo
Às vezes um poema precisa
de um descontrole,
de uma disritmia,
de uma quebra de sigilo.

Às vezes um poema precisa
se internar num asilo,
e se curar da realidade,
para seguir o seu curso.

O poema tem, por impulso,
que dar vazão
a um sentimento...

Seja ele bom ou ruim.
O poeta tenta, assim,
registrar algum momento.

A.J. Cardiais
16.07.2019
Poeta

Sonetos :  O meu coração
O meu coração
desiludido de tudo,
está sempre com um escudo
para sua proteção.

O meu coração
aposentado de sentimentos,
trabalha por alguns momentos
para sua distração.

O meu coração pode parar
a qualquer momento...
Por isso não perco tempo:

Procuro sempre amar.
O amor é que faz a gente
viver feliz e contente.

A.J. Cardiais
20.03.2012
Poeta

Sonetos :  Galopando nos sonhos
A poesia atravessa o dia,
galopando nos sonhos:
sonho médio, sonho a prazo
ou a perder de vista.

Sonho de ser artista,
ter um amor de novela,
desfilar na passarela,
dar entrevista...

Tudo é normal:
todo bem e todo mal.
Tudo é sentimento.

Todo momento,
quando é igual,
causa empobrecimento.

A.J. Cardiais
07.07.2018
Poeta

Poemas :  Sentimento poético
Sentimento poético
O poeta olha tudo,
com os olhos da poesia.
Por isso enxerga alegria,
onde ninguém vê.

O sentimento do poeta
é uma porta aberta,
para amar,
ou para brigar...

Porque o poeta ama,
mas também reclama,
quando tem que reclamar.

A.J. Cardiais
imagem: google
Poeta

Poemas :  Dor e reflexão
A dor que nos vem,
e que achamos que é do nada,
às vezes é do além.
Então temos que seguir
a nossa estrada,
vivendo o agora e o outrora.
Porque haverá uma hora
em que tudo nos será cobrado.

Nesse caminho enlameado
da vida, tudo rima...
Tudo está entrelaçado:
o passado não passa,
fica ao lado...

Cobrando sua falta de atenção,
sua falta de educação
e de sentimento...
Toda dor espera um momento
de reflexão.

A.J. Cardiais
13.07.2007
Poeta

Poemas :  Poesia é sentimento
Poesia é um sentimento,
que o poeta não sabe o momento
em que vai aflorar.
Pode ser um luar,
pode ser um "pé de vento"...

Dizem que a poesia é o belo...
Mas quem bate o martelo,
e faz esse julgamento?
Quem pode afirmar o que é belo?
Beleza tem classificação?

Alguém pode ter outra opinião.
Eu posso ver beleza,
na imagem de uma favela.
Porém, quem mora nela,
só deve ver tristeza.

Eu posso ver beleza,
em um monte de lixo...
Mas quem vive pior do que bicho,
no mais alto grau de pobreza,
não vê nada poético
e vai chamar-me de cético.

Poesia é um sentimento,
dentro da "filosofia"
de cada elemento.

A.J. Cardiais
28.01.2017
Poeta